Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

CNPq Certificado

Somos um grupo de pesquisa certificado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

                                          Nosso grupo no CNPq
 
O Grupo de Pesquisa em Ciências da Decisão INTEGRA se dedica ao estudo e desenvolvimento de métodos baseados na teoria dos jogos, teoria do julgamento e decisão, teoria da escolha social e métodos multicritério para propor soluções que considerem os conflitos de interesse na tomada de decisão em grupo

Introdução

A tomada de decisão nas organizações conta cada vez mais com a participação de diversos agentes, sejam eles diretores, especialistas técnicos, influenciadores, entre outros stakeholders. Quando se trata de uma decisão complexa, esses diversos agentes devem analisar vários critérios para escolher, dentre um conjunto de alternativas, aquela que melhor soluciona o problema de decisão. Essas situações configuram os problemas de tomada de decisão multicritério em grupo.

Neste processo decisório, as alternativas e critérios podem ser organizados em uma matriz de decisão. Com base na análise desta matriz, os decisores expõe suas opiniões e preferências a fim de chegar a um consenso no grupo através de negociação. Entretanto, pessoas possuem interesses e valores diferentes. Estas diferenças, quando não consideradas adequadamente, podem causar conflitos e dificultar a tomada de decisão, causando gasto desnecessário de tempo e de recursos na organização.

A fim de facilitar o processo decisório em grupo, diversas técnicas de apoio à tomada de decisão têm sido propostas. Dentre elas citam-se: os métodos multicritério, a teoria da escolha social e seus sistemas de votação, e métodos baseados na teoria dos jogos, que visam encontrar soluções de equilíbrio. De maneira geral, essas técnicas buscam traduzir as preferências dos decisores em valores numéricos e, a partir desses valores, realizar cálculos com a matriz de decisão afim de sugerir a melhor alternativa ao grupo e apoiar sua decisão.

Ao lançar mão destes métodos, os decisores avaliam de forma mais profunda suas alternativas,
além de expressar mais objetivamente suas preferências, otimizando o tempo de negociação e, principalmente, podendo justificar uma decisão com maior segurança, com base na transparência gerada pelos métodos envolvidos neste processo.

Neste contexto, o Grupo de Pesquisa em Ciências da Decisão INTEGRA, vinculado à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, propõe ferramentas para auxiliar no processo de decisão das organizações, consolidando o processo de decisão em grupo como um  processo construtivo.

As etapas do processo de apoio à decisão que podem ser apoiadas por ferramentas estudadas pelo grupo de pesquisa, são especificadas a seguir.

1ª Etapa: Estruturação do problema de decisão: nesta etapa, são estudadas ferramentas que podem auxiliar os decisores na estruturação do problema, incluindo a definição das alternativas e dos critérios que farão parte da matriz de decisão a ser avaliada

2ª Etapa: Análise da matriz de decisão: são estudadas ferramentas que podem auxiliar nesta etapa, fornecendo métodos quantitativos para que os integrantes possam analisar cuidadosamente as características de cada alternativa com base na matriz de decisão

3ª Etapa: Negociação e decisão em grupo: inclui ferramentas para mediar rodadas de negociação, onde os decisores discutem as alternativas e critérios em busca de um consenso. Esta etapa pode ser principalmente apoiada por meio de modelos matemáticos desenvolvidos pelo
grupo

4ª Etapa: Comparação dos resultados propostos:  o grupo por meio de comparação entre as alternativas sugeridas por diferentes métodos formais (otimização, votação e equilíbrio) para a validação ou reformulação da decisão final

5ª Etapa: Finalização: os decisores podem optar por uma ou mais rodadas de negociação, a partir dos resultados dos métodos formais calculados, afim de buscar um consenso final. O processo é encerrado com a escolha de uma alternativa.